Eu Te Amo Meu Sertão

Eu Te Amo Meu Sertão

Eu Te Amo Meu Sertão

Quem falar mal do meu sertão está por fora
Nunca bebeu das suas águas cristalinas
Ou nunca viu a tardezinha o pôr do sol
E nem correu nos verdes campos das campinas

Nunca sentiu em noite alta a lua cheia
Ou nunca ouviu um sertanejo a cantar
Nos acordes dolentes da viola
Duetando quando canta o sabiá

Eu te amo meu sertão, te amo
Eu te amo meu sertão, amo demais
Em teu solo abençoado eu nasci
E daqui não partirei jamais

E como é lindo um beija-flor tocando as rosas
Sugando o mel da flor mais bela do jardim
Não vão pensar que é por eu ser um poeta
Mas realmente meu sertão é mesmo assim

Quem não sentiu o calor da terra virgem
Nos pés descalços de um simples lavrador
É um paraíso num cantinho aqui da terra
É um céu aberto onde Deus sempre morou

Eu te amo meu sertão, te amo
Eu te amo meu sertão, amo demais
Em teu solo abençoado eu nasci
E daqui não partirei jamais

Comentários