PUBLICIDADE
Civilização Fluvial

Civilização Fluvial

Letra Civilização Fluvial

Logo além de Belém
Ao longo do curso dos rios
Floresce um novo universo
Às margens do ano 2000

Ilhas, istmos, igarapés
Império Verde
Dominando o horizonte
Da costa do Amapá
Ao pé da cordilheira distante

Nova realidade se configura
Dentro da mesma nação
Nasce uma nova cultura
Nova civilização…

Fluvial
Tropical flutuante
Fluvial
Ocidental verdejante
Fluvial
Setentrional navegante
Fluvial
Regional universalizante

Remanescentes indígenas
Das tribos do “nunca mais”
Perpetuam seus sangues nas vísceras
E artérias nas capitais
Modernas, medonhas metrópoles
Despontam em meio à mata
Gerando misérias, divisas,
Palafitas, pepitas, piratas

Fluvial
Tropical flutuante
Fluvial
Ocidental verdejante
Fluvial
Setentrional navegante
Fluvial
Regional universalizante

Fluvial
Às margens do ano 2000
Fluvial
Viagens do leito do rio
Fluvial…

PUBLICIDADE

Outras letras de Tribo de Jah

Letra Homem da Babilônia

Pra onde você vai correr
Homem da Babilônia
Agora que chegou a hora
Agora que o alarme soa
Você não verá paz
Não virá a sorrir de novo
A coisa vai ficar feia
Eu digo que vai pegar fogo

Letra completa

Letra Quando O São João Chegar

Quero levar você comigo
Quando o São João chegar
Buscar o velho porto amigo
E lá se amarrar
Quando o sol se for
E o brilho doce do luar
Banhar a ilha do Amor
Luzindo em teu olhar
Quero ver você brincando
No passo tão gracioso
Ao som do bumba-boi dançando
Com um jeitinho bem mimoso
Quero levar você pra ver
Os festejos de São João
Rever e reviver
São Luiz do Maranhão
Vamos andar por esses
Belos e velhos caminhos
Onde tantas vezes
Eu andei sozinho
Mirantes e sobradões
Ainda guardam seus segredos
A ponte, velas e embarcações
Ao longe a Ilha do Medo

Letra completa

Letra O andarilho

Eu já lhe contei historias dos meus caminhos
Vivi a trajetória de um andarilho
Se eu cantasse versos na canção
Ou o que eu tinha lhe falar
Talvez me dessa sua mão, pedindo pra eu ficar

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Regueiros Guerreiros

Mais um dia se levanta
Na Jamaica brasileira
Mais uma batalha que desperta
A Nação Regueira

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Inna Maranhão (Costa Norte)

Aí magnata, eu vou pegar uma onda forte agora
E vou descer a costa norte, vou sair fora;
Seguindo a costa quente do Caribe brasileiro
Onde rola o som real do reggae roots o ano
Inteiro;
O reggae irie no estilo Maranhense, falou?
Inna Maranhão Style, respect man!

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Guerreiros da Tribo

Seguimos galgando todos esses dias,
Tristes dias
Dias tardios de Babilônia
Galgando cantamos com com alegria
Cantando seguimos, não temos vergonha

Letra completa

Letra Magia Natural

Há uma Magia Natural
Fluindo no ar
Se você ouve atentamente
Vai se ligar…

Letra completa

Letra Na Paz de Jah

Irmã, ando sentindo a sua falta
Olhando a realidade em nossa volta
Valores invertidos
Heróis que são bandidos
Tomam de assalto a esperança

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Breve Como Um Jogo

A vida é breve como um jogo,
Com suas regras, suas leis,
Injustiças e malogros,
Muitos perdem sua vez.
É ganhar ou perder,
É lutar pra viver,
É ganhar ou perder,
É lutar pra viver.
Em tudo há uma ciência,
A vivência nos leva a reconhecer,
Nas angústias, minúcias da existência,
A arte e a razão de viver,
Porque um dia…
Quem perde poderá ganhar,
Quem ganha poderá perder,
Quem sofre poderá gozar,
Quem goza poderá sofrer

Letra completa

Letra O Abismo do Consumismo

Tá tão difícil levar a vida
Atropelo nas ruas e avenidas
Predadores atacam de surpresa
Visando presas sempre indefesas
Charlatanismo em toda parte
Os mais vivos vivem de sua arte
Quem muito tem, quer muito mais
Pra alimentar suas fantasias
Se preciso pisam seus rivais
Por mais e novas regalias
Outros nada tem e querem tudo já
Nem que pra isso tenham que matar
Mundo de modismo, extremo materialismo
Busca do prazer, todos querem bem vi ver
O consumismo revela o abismo
Entre o que se quer e o que se pode ter.

Letra completa

Comentários