Você terminou, fingi que aceitei Olha o que virou, a que ponto cheguei Pra ficar perto de você E..."> Você terminou, fingi que aceitei Olha o que virou, a que ponto cheguei Pra ficar perto de você E...">
Vai Faltar Conveniência (Forçando a Amizade)

Vai Faltar Conveniência (Forçando a Amizade)

Vai Faltar Conveniência (Forçando a Amizade)

Você terminou, fingi que aceitei
Olha o que virou, a que ponto cheguei
Pra ficar perto de você
Eu ‘to forçando a amizade
‘Cê pode sair, ‘cê pode beber
Pode até beijar mas só não deixa eu saber
Porque, se isso acontecer
E vai faltar conveniência pra eu beber na madrugada
Vai faltar volume no som do meu porta malas
Vai faltar asfalto pra eu rodar nessa cidade
Vai sobrar loucura por excesso de saudade
E vai faltar conveniência pra eu beber na madrugada
Vai faltar volume no som do meu porta malas
Vai faltar asfalto pra eu rodar nessa cidade
Vai sobrar loucura por excesso de saudade
Eu ‘to morrendo de saudade
Você terminou, fingi que aceitei
Olha o que virou, a que ponto cheguei
Pra ficar perto de você
Eu ‘to forçando a amizade
‘Cê pode sair, ‘cê pode beber
Pode até beijar mas só não deixa eu saber
Porque, se isso acontecer
E vai faltar conveniência pra eu beber na madrugada
Vai faltar volume no som do meu porta malas
Vai faltar asfalto pra eu rodar nessa cidade
Vai sobrar loucura por excesso de saudade
E vai faltar conveniência pra eu beber na madrugada
Vai faltar volume no som do meu porta mala
Vai faltar asfalto pra eu rodar nessa cidade
Vai sobrar loucura por excesso de saudade
Eu ‘to morrendo de saudade
E vai faltar conveniência
Vai faltar volume no som do meu porta mala
Vai faltar asfalto pra eu rodar nessa cidade
Vai sobrar loucura por excesso de saudade
E vai faltar conveniência pra eu beber na madrugada
Vai faltar volume no som do meu porta mala
Vai faltar asfalto pra eu rodar nessa cidade
Vai sobrar loucura por excesso de saudade
Eu ‘to morrendo de saudades

Comentários