Sol do Samba

Sol do Samba

Sol do Samba

Na sombra do lado avesso do mundo
é tempo de paz.
Na luz do lado de dentro do muro,
o teatro cruel.

Mas uma doce amizade da rua
descobriu um lugar.
Uma doce amizade viu iluminar
o lado escuro da lua.

E por uma noite virou
no sol do samba
E por uma noite virou
no sol do samba
Por uma noite virou no sol
Por uma noite virou

Cada pequena party de todo esquema novo
é uma força bruta suave no vapor

Não, já não acreditava em nada,
estava preso no peso de sua dor.
Apenas racionalizava,
estava preso no peso de sua dor.

Salve o querer,
sangra (leva) toda dor.
Salve o dia de festa
que o mais a gente cura no vapor.

Comentários