Libélulas

Libélulas

(part. Criolo, Luccas Carlos)

Libélulas

Olha pra rua
Tá dando sopa
Preste atenção
O mal tá logo ali

Meu flow machuca
A carne é doida
Só num deslumbra
Tu pode até cair

Meu passo é firme
Mantem conduta
Olha pro lado, mas
Vê se vive aqui

Os sonhos são
Libélulas que curam
Percepção
Da terra ao céu um pulo
Os sonhos são
Libélulas que curam
Percepção

Pega a visão
Olha isso aqui
Sente no gosto o que é resistir
No peso do grave e do caxixi
Afrofavela que vem te acudir

Filha de quem sou
No amor pra dividir
Filha de quem sou
No amor pra dividir

Olha pra rua
Tá dando sopa
Preste atenção
O mal tá logo ali

Meu flow machuca
A carne é doida
Só num deslumbra
Tu pode até cair

Meu passo é firme
Mantem conduta
Olha pro lado, mas
Vê se vive aqui

Os sonhos são
Libélulas que curam
Percepção
Da terra ao céu um pulo
Os sonhos são
Libélulas que curam
Percepção

Não pensa que a gente esqueceu, ok?
‘Cês não viveram o que a gente viveu, anh
E nada nessa história se apagará
Duvidou
Dadiva
Me diz quem decidirá

Favelado, com a mão no bolso
Cheio de sonhos
E doido pra voar

Tem quem acha que ele não devia nem sonhar
Me diz como é que segue com a cabeça no lugar
Ô, mãe, eu tô voltando pra casa
Cansei dessa gente falsa
Todo o dinheiro não serviu de nada
Eles não tinham verdade na fala

Ô, ô, pai, a noite me abraça
Uísque, cerveja e cachaça
Mas vou ser forte nessa caminhada
Quando eu fraquejei
Tu me disse

Os sonhos são
Libélulas que curam
Percepção
Da terra ao céu um pulo
Os sonhos são
Libélulas que curam
Percepção

Comentários