Curupira

Curupira

Curupira

Na estrada do amor pareço Curupira
Que a cada passo vou andando pra trás
Tem sido assim por toda a minha vida
Nem meus amigos aguentam me ouvir mais

Eu já rodei em todas as esquinas
Lá no deserto, polo norte e no cais
Mas todo ano tem festa junina
Quem sabe nesse eu encontro um rapaz

Então seria você o amor da minha vida?
Seria você? Ai, meu Deus, me diz: Será?
Seria você? Pra curar essa ferida
Seria você? E o meu passo endireitar

Então seria você o amor da minha vida?
Seria você? Ai, meu Deus, me diz: Será?
Seria você? Pra curar essa ferida
Seria você? E o meu peito incendiar

O Curupira pirou! Encontrou uma saída
O Curupira pirou! Pro seu passo endireitar
O Curupira pirou! Pro meio da mata verde
O Curupira pirou! Ele foi se debandar

Eita, curupira doido!
Ficou sem par na quadrilha e mesmo assim fez festa no interior

Eu já rodei em todas as esquinas
Lá no deserto, polo sul e no cais
Eu tô sozinha na festa junina
Quem sabe nessa vou casar a paz

Então seria você o amor da minha vida?
Seria você? Ai, meu Deus, me diz: Será?
Seria você? Pra curar essa ferida
Então seria você? E o meu peito incendiar

Então seria você o amor da minha vida?
Seria você? Ai, meu Deus, me diz: Será?
Seria você? Pra curar essa ferida
Seria você? E o meu peito incendiar

O Curupira pirou! Encontrou uma saída
O Curupira pirou! Pro seu passo endireitar
O Curupira pirou! Pro meio da mata verde
O Curupira pirou! Ele foi se debandar

O Curupira pirou! Encontrou uma saída
O Curupira pirou! Pro seu passo endireitar
O Curupira pirou! Pro meio da mata verde
O Curupira pirou! Ele foi se debandar

O Curupira pirou! Encontrou uma saída
O Curupira pirou! Pro seu passo endireitar
O Curupira pirou! Pro meio da mata verde
O Curupira pirou! Ele foi se debandar

Comentários