Xavequin

Xavequin

(part. San Joe, Olívia, SóCiro, Rap Box)

Xavequin

(San Joe)
Rap Box
Orgânico
Salve Olívia!
Salve Ciro!
San Joe na voz
Salve Léo!
Um salve pra todo mundo que é apaixonado, certo?!

E ela não quer nem saber
Onde foi que eu errei
Se me ligou, foi pra dizer
Que não dá mais entre eu e você

E mexe com meu coração
Minha luz na escuridão
Disse que não tinha mais jeito
Pôs na cabeça que não dava certo

Oh ooh ooh
Não quero viver outra vida
Acostumado com teu cheiro
Sua risada contagia

(San Joe e Olívia)
Ô neném vem cá,
Vem cá, vem cá
Esquece os problemas da vida
Que eu sei
Que tá aqui, mas sei que vai melhorar
Felipe Boladão já dizia

(San Joe)
Foi falta de conversa
Você não se interessa
Sempre bateu na tecla
De que você tá certa

Não me deu uma chance de te mostrar
Errada era você de nunca me notar
E agora nós tá longe, olha que eu fiz por onde
Te enchi de chocolate, carinho foi bastante
Saiu da minha vida, vou te falar
A bagunça foi grande, vou nem comentar

Não quer nem me ver pintado de ouro
Nem colar de prata, perdi meu tesouro
Pra mim cê vale ouro
Mina, pra mim cê vale ouro! (2x)

(Olívia)
E ele falou que eu passei assim
Pique rainha da pista que conquista quem passa
Que se me tiver nem precisa fazer fumaça
E fica sem rumo quando a gente se afasta

Eu disse pretin,
Desse jeito cê me deixa louca
Nunca faltou coragem pra beijar sua boca
Xavecou no meu ouvido, curtiu minha voz rouca
Tirei com a sua cara, tirou minha roupa

Então relaxa, me abraça
Que tudo fica bem
Quis morar no meu pescoço
Hoje virou meu refém

Nós juntos num freestyle
Sabe não tem pra ninguém
Eu jogo procê no baile
Cê nunca ficou tão zen, tão zen

Então relaxa, me abraça
Que tudo fica bem
Quis morar no meu pescoço
Hoje virou meu refém

Nós juntos num freestyle
Sabe não tem pra ninguém
Eu jogo procê no baile

Estamos entrelaçados, estamos conectados
O mundo passa ali do lado e o nosso tá aqui em baixo
Estamos entrelaçados, estamos conectados
O mundo passa ali do lado e o nosso tá aqui em baixo dos lençóis, lençõis
A sós, debaixo dos lençóis

(SóCiro)
Você me pede pra eu ser só seu
O inverso, compartilhamos nosso Universo
Avesso dos nossos corpos
Morena te peço, encosta a boca n’eu

E ela dançando no céu
Ó deusa, leio seus lábios
Estudo suas pernas
Me traz essa brisa eterna
De morar contigo num motel

E eu estive na Bahia (ô saudade!)
Gosto de nostalgia
Sei que não é tarde
Será minha ciência
A crença de que na sua ausência
Ainda me encontro fascinado nesse baile
Então desça!

Eu amo quando ela desce
Enlouquece até o mais são
E eu to contando as horas
Pra bater na minha porta
Vem logo pra cá, se joga!
Te espero no meu colchão

Nada nos apavora
O tempo passa lá fora
O mundo e as suas voltas
E ela jogando pra mim

Longe dela entro em surto
Sua bunda, um absurdo
Quero você no meu mundo
E ela quicando pra mim

(San Joe, Olívia e Só Ciro)
Só vem meu xavequin
Continua jogando pra mim

Só vem meu xavequin
Te espero fia

Só vem meu xavequin
Continua jogando pra mim

Só vem meu xavequin
Meu pedacinho de estresse
Só vem meu xavequin
Continua jogando pra mim

Só vem meu xavequin
Cê sabe o jeito de me fazer dizer sim

Comentários