Eu e Minha Mina

Eu e Minha Mina

Eu e Minha Mina

Era sexta eu estava animado
Todo perfumado com a minha gata do lado
Esperei a semana toda por esse rolé
Tô junto com ela então eu vou na fé
Eu e minha mina juntos descendo a escada
Olhando um pro outro, sorridentes de mãos dadas
Passando pelo beco da comunidade
Batemos de frente com a realidade
Dois polícia dando geral
Com a arma apontada para o casal
Minha mina espantada, não entendeu
Que o alvo daquela batida era eu
Me jogaram na parede perguntando pelo verde
Pegaram documento para averiguação
Minha mina só olhando os caras me revistando
Mexendo no meu bolso e cheirando a minha mão
Eu disse que não sou do movimento
Levei logo um tapão na caixa de pensamento
De cabeça baixa me sentindo humilhado
Não encontraram nada, então fui liberado, bolado

Eu e minha mina, eu e minha mina
Só, só eu e minha mina
Muita humilhação na escuridão daquela esquina
Só, só eu e minha mina
Lanterna no nariz pra ver se tinha usado cocaína
Só, só eu e minha mina
Terror psicológico pra conseguir uma propina
Só, só eu e minha mina

Peguei na mão dela, desci parei no ponto do buzão
Na boca da favela é muito ruim de condução
Os caras me atrasaram, sujaram minha camisa
Me deixou bolado mas não roubou a minha brisa
Nós dois ali esperando nenhum ônibus tava passando
Dois moleques apareceu de repente
Na maldade vindo na direção da gente
Um deles carregava um facão
O outro atravessou a rua dando cobertura para o ladrão
Coloquei minha mina atrás de mim
O da faca se aproximou olho no olho disse que era meu fim
Me antecipei dei um bote no facão
O outro se afastou quando viu minha reação
Não arrumaram nada de mancada
Dei um monte de porrada
Pegamos uma van e partimos pra balada

Eu e minha mina, eu e minha mina
Só, só eu e minha mina
Muita humilhação na escuridão daquela esquina
Só, só eu e minha mina
Lanterna no nariz pra ver se tinha usado cocaína
Só, só eu e minha mina
Terror psicológico pra conseguir uma propina
Só, só eu e minha mina

Chegando na balada começou a melhorar
Nosso ingresso era vip sem problemas pra entrar
Passamos pelo bar cada um pegou um drink
Sempre de mãos dadas pra não perder o link
Eu e ela na pista de dança
Cumplicidade é a nossa aliança
Felicidade ta na cara da gente
Mas tem gente que só pensa em vingança
Um maluco muito doido que pisou no meu pé
Me derrubou cerveja, encostou na minha mulher
Desafeto da antiga me olhou querendo briga
Virado no jiraiya e testando a minha fé
Puxei minha mina e sai da festa
Energia ruim de balada pra mim não presta
Fui procurar outro lugar pra levar minha fiel
Atravessamos a cidade e acabamos no motel

Eu e minha mina, eu e minha mina
Só, só eu e minha mina
Muita humilhação na escuridão daquela esquina
Só, só eu e minha mina
Lanterna no nariz pra ver se tinha usado cocaína
Só, só eu e minha mina
Terror psicológico pra conseguir uma propina
Só, só eu e minha mina

Comentários