Skrr!

Huh, meu manos lucram‚ vida bandida
Os cria tão de brinquedo na pista
Olha o que eu faço nessa batida
Minha mãe não se orgulha do que eu ando fazendo
Olha o que acontece com o X9 lá na boca
Pode investigar‚ tu vai morrer à queima-roupa
Rezo para que Deus nos proteja da vida loka
Rezo para que meus manos tenham uma vida boa

Ela vem sarrando no pente‚ na minha vara
Brota na favela, meus cria tão de glockada
Ainda me lembro de quando eu não tinha nada
Há pouco tempo atrás só os cana me abordavam
Eu tô elevando como sempre imaginava
Se tá minha letra, não é mentira‚ não é piada
Eu tô trabalhando pra ter grana empilhada
Ela rebolando vem jogando fumaça
Sabe que eu tô forte tipo, tenho de tudo
Ela vem jogando tipo, eu faço de tudo
Ela está me olhando e me diz que eu sou o tudo
Sou cria de favela‚ ela sabe como eu curto
Os cara ficam quieto, porque sabe quem eu sou
Só não tenta rotular um bagulho que eu não sou
Falam de trap de verdade, eu sei em que tu pensou
Ela brotou sem cutcharra e me pediu sem lençol

Meu manos lucram, vida bandida
Os cria tão de brinquedo na pista
Olha o que eu faço nessa batida
Minha mãe não se orgulha do que eu ando fazendo
Olha o que acontece com o X9 lá na boca
Pode investigar, tu vai morrer à queima-roupa
Rezo para que Deus nos proteja da vida loka
Rezo para que meus manos tenham uma vida boa

Vida bandida, whisky e balãozada
Damas na minha cama até dizendo que me ama
Porte na cintura, colete à prova de balas
Faço dez barão sem precisar sair de casa
Eu me tornei tendência em pouco tempo de estrada
Olha o meu redor um segurança de quadrada
Minha paciência no limite da quadrada
Tô de saco cheio, é melhor tu nem falar nada

Meu manos lucram, vida bandida
Os cria tão de brinquedo na pista
Olha o que eu faço nessa batida
Minha mãe não se orgulha do que eu ando fazendo
Olha o que acontece com o X9 lá na boca
Pode investigar, tu vai morrer à queima-roupa
Rezo para que Deus nos proteja da vida loka
Rezo para que meus manos tenham uma vida boa

Comentários