Fado De Minha Alma

Fado De Minha Alma

Fado De Minha Alma

Os ventos do passado
Meu dedo à guitarra
Criam estranho amalgama
É o fado de minh’alma

Sou um soldado
No calor da batalha
E a lembrança de seus lábios
É o varrer da metralha

Comentários