PUBLICIDADE
Mão-de-obra Ilegal

Mão-de-obra Ilegal

Letra Mão-de-obra Ilegal

Eu moro no morro
eu moro na rua
só levo esporro
mas eu não tenho culpa

O meu irmão morreu
meu primo se perdeu
a minha mãe pariu
e o meu pai sumiu

Meu nome é pimpolho
só conheço o caos
é olho por olho
aqui vencem os maus

O meu irmão morreu
meu primo se perdeu
a minha mãe pariu
e o meu pai sumiu

Eu queria um tênis bacana
sou mão-de-obra ilegal
são três salários por semana
e tem foto no jornal

Eu vi uma mina maneira
andando com um soldado
parecia estrangeira
e eu agora ando armado.

PUBLICIDADE

Outras letras de Frejat

Letra Cartas e Versos

Nessa cidade, todas as ruas
Vão terminar em você
Sempre que o sol me aquece nas praças
Pede pra não te esquecer

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Amor Pra Recomeçar

Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo

Letra completa

Letra Amar um Pouco Mais

Letra não disponível.

Letra Segredos

Eu procuro um amor
Que ainda não encontrei
Diferente de todos que amei

Letra completa

Letra Poema

Poema
Cazuza

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Pergunta Urgente

Uma pergunta é urgente
A vida segue se eu desviar
Uma resposta depressa
Só que talvez eu não queira escutar

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Homem Não Chora

Homem não chora nem por dor, nem por amor
E antes que eu me esqueça
Nunca me passou pela cabeça lhe pedir perdão
E só porque eu estou aqui, ajoelhado no chão
Com o coração na mão
Não quer dizer que tudo mudou
Que o tempo parou, que você ganhou

Letra completa

Letra Réu Confesso

Venho lhe dizer se algo andou errado
Eu fui o culpado, rogo o seu perdão
Venho lhe seguir, lhe pedir desculpas
Foi por minha culpa a separação

Letra completa

Letra Tudo Que Eu Consegui

Foi isso o que consegui
Tudo estava partido
E então juntei
Tudo em ti

Letra completa

Letra Mais do Que Tudo

Quero que ela seja linda
Alta e use minissaia
Quero que ela pare o trânsito
E provoque um maremoto na praia

Letra completa

Comentários