PUBLICIDADE
Escala Latina

Escala Latina

Letra Escala Latina

Índios habitavam em paz as suas ocas
Até que as raposas deixaram suas tocas
Vieram pelo mar com a cruz e a espada
Pra roubar e violentar a nova terra imaculada

Pretenciosos, senhores da razão
Queimaram na fogueira o valor da intuição
Extermínios, catequeses e a ‘Santa’ Inquisição
São séculos de crimes, tortura e escravidão

Navios negreiros não cruzam mais o oceano
Mas o trabalho e o dinheiro continuam escravizando
Impondo ao mundo a cultura do capital
Materialismo, acumulo e o pensamento individual

Abstrairei os ataques da propaganda
E os valores egoístas que eles vêm para pregar
A mentira secular de trabalhar para viver
E a rotina angustiante de viver pra trabalhar

A concorrência de mercado e a histeria produtiva
A sociedade de consumo e seu sentido sem sentido
Marginalizam o ócio e a vida contemplativa
Sufocando almas num deserto criativo

Navios negreiros não cruzam mais o oceano
Mas o trabalho e o dinheiro continuam escravizando
Impondo ao mundo a cultura capital
Materialismo, acúmulo e o pensamento individual

O sangue e o suor os povos do mundo inteiro
São oferendas colocadas no altar do Deus dinheiro
Mas essa forma de existência desumana e limitada
Será em breve abolida e pelo amor superada

Um fato sabido é que o luxo só existe às custas de muita miséria e o bem-estar social é privilégio de poucos que se pratica uma lavagem cerebral disfarçada com o nome de entretenimento, mas mesmo diante da maior das atrocidades não experimentaremos sentimentos como o ódio e o desprezo ao invés disso nossos corações transbordarão amor e compaixão.

PUBLICIDADE

Outras letras de Forfun

PUBLICIDADE

Letra Morada

Faço de mim
Casa de sentimentos bons
Onde a má fé não faz morada
E a maldade não se cria
Me cerco de boas intenções
E amigos de nobres corações
Que sopram e abrem portões
Com chave que não se copia

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Menina Eu Te Amo Tanto

Menina te amo tanto
Amo você
Daria tudo, daria o mundo
Só por você.

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra História de Verão

Que pena, que não valeu a pena
Você dizia sempre preu me por no seu lugar
Se lembra do meu Chevette 80?
Eu buzinava alto pra você se envergonhar

Letra completa

Letra 7x1 Eu Não Sou Seu

Só por poder te abraçar
Suspiros e sussurros de carinho e paixão
Passei a noite inteira imerso na escuridão
Pensando em você

Letra completa

Letra Hidropônica

Se a vida gasta em você
Te faz de pano de chão
Fica tranquilo porque nada é em vão

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra O Viajante

É, o tempo é uma coisa relativa
Se hoje fosse ontem, amanhã seria hoje
De qualquer forma eu to tranquilo
Do jeito que tá que tá bom
Como dizia o síndico
Vai saber o que o gorila pensa

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Sol Ou Chuva

Corre pra varanda e vem cá ver
Faça sol ou chuva
Um lindo dia vai nascer
Num céu em degradê

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Seu Namorado É Um Cuzão

Se faz de boba e nem percebe
Que a falsidade te persegue
Ele é o amor da sua vida
Mas já chegou na sua melhor amiga

Letra completa

Letra Sigo o Som

Permanentemente mutável
Pacificamente amigável
É o meu estado e como eu ajo
Mesmo que você me agrida
Eu sei que erra também quem revida
E onde eu vou não existe a razão
Fortes são aqueles
Que transformam em luz o que é escuridão

Letra completa

Letra Cara Esperto

Antes era a garotinha apaixonada
Que me ligava todo dia preocupada
Com as coisas que eu fazia na madrugada
Mas no fundo já sabia que eu não valia nada

Letra completa

Comentários