Madrugada

Madrugada

(part. DaPaz, Pelé MilFlows, Kadri, Gabriel Medeiros)

Madrugada

Madrugada
A lua brilhando pra mim e minha gata pelada
Vamo quebrar o GPS que hoje é pé na estrada
Vivendo estilo faroeste, nem aí pra nada

Eu me acostumei com as curvas do seu corpo
Então por favor só diz que vai ficar
Se for partir espera mais um pouco
Que eu te prometo te dar o mundo e daqui a pouco

Enquanto isso não acontece eu te pago um almoço
Às vezes um tapa na bunda, um beijo no rosto
Vamo fuder com a porra toda no meio dos outros
Vou ser teu ninja mascarado, me chame de Zorro

Ta bom pra tu, ta perfeito pra mim
Sei que também não sou tão bom assim
Então tamo junto, vamo até o fim
Independente, eu sei que a vida não é tão fácil assim

Mas fica tudo bem melhor quando perto de mim
Na madrugada amor selvagem, de dia um carinho
Então pega as taças, a noite é nossa, apenas mais um drink
Estrela cadente por favor, realiza pra mim

Tudo de um pouco que eu quero
Sou paciente, eu espero
Mesmo voltando do zero
Faz-me aprender um mistério

A cada canção que eu escrevo
Um desabafo, outro verso
Levando a visão ao cego
Minha caneta e um caderno

Ser mais sincero, impossível
Evoluindo outro nível
A vida é mesmo incrível
Mesmo nos pior castigo

[Refrão]
Madrugada
A lua brilhando pra mim e minha gata pelada
Vamo quebrar o GPS que hoje é pé na estrada
Vivendo estilo faroeste, nem aí pra nada

Madrugada
A lua brilhando pra mim e minha gata pelada
Vamo quebrar o GPS que hoje é pé na estrada
Vivendo estilo faroeste, nem aí pra nada

[Pelé]
Nem aí pra nada
Só quero te ver pelada, amor
Botar o pé na estrada
O importante mesmo é ter você comigo
Pra me dar carinho, eu não sei ficar sozinho
Me apaixonei no seu jeitinho de me irritar

Tudo na vida tem um fim
Mas o que vivemos não tem, não tem
Como você não tem, não tem
Nunca vou encontrar

Ouvindo Charlie Brown, torrando um na brown
Tu reclama de alguma coisa que eu faço, isso é normal
Tudo que vivemos até hoje foi legal
Encontrar você foi algo sensacional
Sou viciado em você, no seu jeito
Apaixonei pelo gosto do beijo
Nosso romance é o crime perfeito
Coração acelera quando eu te vejo
[DaPaz]
Acho que você já percebeu
Que eu te quero de volta
Saudade bateu na porta
Não deu pra evitar, eu tive que ligar

Dizendo que já faz mó tempão
Que eu não consigo te tirar do coração
Tentei te achar nas outras mas foi sempre em vão
Amor quem reconhece é o coração

Se você não vem
Quero te encontrar
Diz o que que tem
Não dá pra disfarçar

Falar de nós dois é sinônimo de lar
Eu tento fingir mas não dá pra negar
To louco pra voltar pra casa
To louco pra voltar pra casa
[Refrão]
Madrugada
A lua brilhando pra mim e minha gata pelada
Vamo quebrar o GPS que hoje é pé na estrada
Vivendo estilo faroeste, nem aí pra nada

Madrugada
A lua brilhando pra mim e minha gata pelada
Vamo quebrar o GPS que hoje é pé na estrada
Vivendo estilo faroeste, nem aí pra nada

[Kadri]
Uh, era pra ser nós dois
Um só, vi nas nuvens de algodão
Uh, sabe fazer verão
Go home, it’s easy

Volta pra casa
Meia hora que eu não te vejo
Você levou o meu isqueiro
Sabe o meu jeito
Te amo, te odeio

Eu sei que é muito fácil ser falho
Eu não te obrigo a ser perfeito
Mas a gente pode aprender ser diferente do nosso jeito

Cê não liga pra nada
Varando as madrugadas
E gosta de um perigo
É muito envolvido
Enquanto houver estrada
O mundo é nossa casa
Faz o verão comigo
Aquece o coração frio
[Duzz]
Me brisa e leva pra longe
Reprise a noite de ontem
Narguilé e funk num lounge
Strip-tease em hotéis de Londres

Sem crise, crise sempre acontece
Hipnotiza quando ela desce
Tira a roupa que o clima ferve
Yeah, yeah, yeah, yeah

Me diz que não
Me quer de madrugada às vezes
Fumaça às vezes
Me diz que não
Me quer de madrugada às vezes
Por várias vezes

Comentários