Menina

Menina

Menina

”Menina” (Gabriel Geraissati)
Bom é sentir você
Te ver e mergulhar no seu andar
Me arrisco em dizer
Que sinto de te acompanhar

E ela ar de felina, fome de vida
Eu, sede em frente ao mar, quero te levar (pra onde nasce o Sol)
Rede e suor, onde morre o fim
Onde mora em mim, onde há enfim (o nosso lugar)

Ê Menina, és do som a cor
Teu Sol, teu calor

Comentários