PUBLICIDADE
Forasteira

Letra Forasteira

Leve pra bem longe
Essa mania de falar
Como se esconde
Deixa ruir
Que o teu desejo é tua fome
Deixa escapar
Que lá no fundo ainda podes
Me revelar

O peixe já morreu de sede
O bem te vi não voa por medo de saltar
Parece que é pra me avisar que
Ainda estou de conhecendo
Depois de tanto esmero haja terço haja unguento

Nessa de não me encontrar
Aprendi a não subestimar
Tudo o que é superestelar
Rogo aos astros rota pra trilhar

E nas cartas joguei o tarô
Apostei meu amor numa dose
Revirei meu baú de acordes
Até te encontrar

Se você quer diga logo
Que eu sou forasteira
Adivinha se gostas de mim

Me agarra e me dê um beijo
E me deixas de qualquer jeito
Será este o fim
Eu tentei decorar
Todos os traços
Só esqueci de decorar as armadilhas
E eu caí de novo, tropecei como um tolo
Adivinha se gostas de mim

PUBLICIDADE

Outras letras de As Bahias e a Cozinha Mineira

Letra Forasteira

Leve pra bem longe
Essa mania de falar
Como se esconde
Deixa ruir
Que o teu desejo é tua fome
Deixa escapar
Que lá no fundo ainda podes
Me revelar

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Éramos Chuva

Letra não disponível.

Letra Mama

Haja, palavra princípio da criação
Sussurro do peito de um embrião
Seu urro ecoa a onda, eis a luz

Letra completa

Letra Eu Sei Que Você Gosta De Brincar De Amores

Eu sei que você gosta de brincar de amores
Mas nos meus temores
Não vou deixar ninguém tocar
Os nossos olhos são fonte de perder o juízo
E nossas conversas
Não vou deixar ninguém ouvir

Letra completa

Letra Na Hora Do Almoço

No centro da sala, diante da mesa
No fundo do prato, comida e tristeza
A gente se olha, se toca e se cala
E se desentende no instante em que fala

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Nosso Apartamento

Olhei pra você e lembrei daqueles beijos
No nosso apartamento
No nosso apartamento
Eu chupava teu queixo
A tua mão apertava meus seios
Bagunçava meu cabelo
Bagunçava meu cabelo

Letra completa

Letra

Letra não disp.

Letra completa

Comentários