PUBLICIDADE
Sua Menina

Sua Menina

Letra Sua Menina

Você trata muito mal sua menina
Um dia ela vai puxar o carro
De sua barba mal feita, seu catarro
Um dia ela vai encher o saco
Você trata muito mal sua princesa
Um dia ela vai virar a mesa
Seu olhar só vê o seu umbigo
Um dia ela vai ficar comigo

Você olha para ela com desprezo
Como um déspota destrata uma empregada
Das grades do orgulho onde está preso
Você maltrata a sua namorada

Seu terno engomado, seu perfume
Seu tédio, seu remédio digestivo
Seu eterno pesadelo de ciúme
Um dia desses ela vai te dar motivo

E ficar comigo
E ficar comigo
E ficar comigo sim

Vai ficar comigo
Vai ficar comigo
Vai ficar comigo só

Você trata muito mal sua pequena
Um dia ela vai sair de cena
E o remorso vai te torturar sem pena
Quando a vir ao meu lado no cinema

Você trata muito mal o seu amor
Não rega com carinho a sua flor
Depois de ver o que você já fez
Com certeza ela vai sumir de vez

Vai sumir comigo
Vai fugir comigo
Vai sumir comigo sim

E ficar comigo
E ficar comigo
E ficar comigo só

Só ficar comigo
Vai ficar comigo
Vai ficar comigo sim

Vai ficar comigo
Ficar só comigo
E você vai ficar só

PUBLICIDADE

Outras letras de Arnaldo Antunes

PUBLICIDADE

Letra O Seu Olhar

O seu olhar lá fora
O seu olhar no céu
O seu olhar demora
O seu olhar no meu

Letra completa

Letra Água

Da nuvem até o chão
Do chão até o bueiro
Do bueiro até o cano
Do cano até o rio
Do rio até a cachoeira
Da cachoeira até a represa
Da represa até a caixa d´água
Da caixa d´água até a torneira
Da torneira até o filtro
Do filtro até o copo
Do copo até a boca
Da boca até a bexiga
Da bexiga até a privada
Da privada até o cano
Do cano até o rio
Do rio até outro rio
Do outro rio até o mar
Do mar até outra nuvem

Letra completa

Letra Inclassificáveis

que preto, que branco, que índio o quê?
que branco, que índio, que preto o quê?
que índio, que preto, que branco o quê?

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Essa Mulher

ela quer viver sozinha
sem a sua companhia
e você ainda quer essa mulher

Letra completa

Letra Cultura

O girino é o peixinho do sapo
O silêncio é o começo do papo
O bigode é a antena do gato
O cavalo é pasto do carrapato

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Velhos e Jovens

Antes de mim vieram os velhos
Os jovens vieram depois de mim
E estamos todos aqui
No meio do caminho dessa vida
Vinda antes de nós
E estamos todos a sós
No meio do caminho dessa vida
E estamos todos no meio
Quem chegou e quem faz tempo que veio
Ninguém no início ou no fim
Antes de mim
Vieram os velhos
Os jovens vieram depois de mim
E estamos todos aí

Letra completa

Letra Meu Coração

[Refrão]
Meu coração bate sem saber
Que meu peito é uma porta que ninguém vai atender
Meu coração bate sem saber
Que meu peito é uma porta que ninguém vai atender

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Deus

Deus, avoa.
No vento onde deve haver deus
Vivo, não visto
No que se não vie.
Deus sem milagre,
Deus sem ateus.
Além do seio dos seus
E de seus anseios.
Além dos braços dos seus
E de seus abraços.
Além dos bentos, dos rebentos
Dos ovos,
Sobe aos céus.
Sai da boca qual palavra.
Qual palavr se perca.
Deus pecado.
Indecifrado.
Incomuniado.
Chova de baixo pra cima.
Além dos lares dos seus
E de seus olhares.
Qual palavra não se cumpra.
Qual palavra não venha na hora agá.
Deus-ar, não venha.
No ar se mantenha
Intocável
Irrespirável
Incomunicável.
Chova de cima para o alto
Deus sem pouso,
Deus sem repouso,
Agora e sem
Deus, avoa.

Letra completa

Letra Lavar As Mãos

Uma
Lava outra, lava uma
Lava outra, lava uma mão
Lava outra mão, lava uma mão
Lava outra mão
Lava uma

Letra completa
PUBLICIDADE

Letra Criança Não Trabalha

Lápis, caderno, chiclete, peão
Sol, bicicleta, skate, calção
Esconderijo, avião, correria,
Tambor, gritaria, jardim, confusão

Letra completa

Comentários