Aurora

Aurora

Olha só você
É tão difícil te enxergar
Por trás de tantos medos

Olha só lá fora
O mundo parece te devorar
Quando chega aurora

É mais uma mulher
Lutando para sobreviver
Enquanto tantas morrem

É o medo da roupa
De quem vai aparecer
Depois que todos dormem e todos dormem

Vá, não deixa ninguém no mundo te parar
Deixa a tua força te salvar
E não se cala, e não se cala

É a posse, o ciúmes doentio
É chamar de puta, foi a roupa que vestiu
Falou demais, foi para onde não devia
Negou o rapaz, quis dançar sozinha

Vá, não deixa ninguém no mundo te parar
Deixa a tua força te salvar
E não se cala, e não se cala

Vá, não deixa ninguém no mundo te parar
Deixa a tua força te salvar
E não se cala, e não se cala

Então vá, não deixa ninguém no mundo te parar
Deixa a tua força te salvar
E não se cala, e não se cala

Comentários